SEVLA ORIEBIR – por Correia Machado

  As curvas doces desaguam em rectas um pouco menos que obtusas que lhe fazem o rosto um poema para eu dizer, para eu olhar, e me desfazem a vontade de ser de muitas. Eu serei só dela.

MOTIVAÇÕES DE Correia Machado

ODE AOS MOVIMENTOS NOCTÍVAGOS QUANDO A MOTIVAÇÃO É UMA MULHER No gosto do teu encanto, Degustei, sim, ao  teu lado, Lençol acima fronha abaixo, Demais, por demais relaxado,

Editorial por David Paiva Fernandes

Na viragem do séc. XIX, o grande polímato francês Henri Poincaré inventou a topologia algébrica. Este ramo da matemática adiciona aos, à época estabelecidos, conceitos de compacidade, conexidade e separabilidade da topologia geral os de homotopia e homologia, matéria que apresentou no seu livro de 1895 “Analysis Situs” [1] que se pode traduzir como análise …

Índice de Autores

Adilia Cesar Alberte Momán Noval Alberto Cecereu Alda Costa Fontes Aldina Santos Alexandra M. Alexandre Saraiva Alice Rahon A. Dasilva O. A. Sarmento Manso Amélia Azevedo Ana Almeida Santos Ana Margarida Borges Ana Matos Ana Oliveira Ana Patrícia Gonzalez Ana Paula Lavado Ana Tomás André Breton André Rosa Anna Merij António Adriano de Medeiros (AAM) …

MULHERES NAS RUAS DO PORTO – XIX- por César Santos Silva

Cecília Meireles (Rua de) Início:  Falcão (Rua do) Fim: Camilo Pessanha (Rua de) Designação desde 1971 Freguesia de Campanhã Uma das mais consagradas poetisas bra­sileiras do século xx, Cecília Benevides de Carvalho Meireles nasceu no Rio de Janeiro em 7 de Novembro de 1901. Órfã de pai e mãe, neta e filha de açorianos, facto …

RSS20
Follow by Email0
Facebook500