POEMAS DE Rosa Sampaio Torres

Ós

Sós estamos nós
cascas de noz
a tantos nós.

♣♣♣

Requiem 

 Foste embora, foste embora
companheiro meu…

enciumada estou se a mim
tua esposa, preferiste a morte
como companhia

Foste embora, foste embora

companheiro meu
ficou tua lembrança
como sombra minha.
Foste embora, foste embora
companheiro meu
e nas altas horas da noite
insone ainda
a poesia.

♣♣♣

Tateando

Poeta aguça teus sentidos
olfato, vista.
Ouve com atenção
os mais estranhos sons
enquanto tateia
o  Desconhecido Rosto.

♣♣♣

Para Olga Savary

Sua poesia

 água

fallus

 fogo

paixões.

  A minha

filha sua,

mares

línguas

ondas

também

tensões.

♣♣♣

 Mar

Marula o mar,
estronda a onda.
Embala, acalma
a minha alma.

♦♦♦

Rosa Maria Sampaio Torres – pesquisadora em História (PUC-Rio), é também graduada em Estudos Sociais e pós-graduada em Ciências Políticas. Aluna do filósofo brasileiro Carlos Henrique Escobar acabou por desenvolver, também, seus dotes artísticos – especialmente como poeta, autora do livro “Bendita Palavra”. Já reconhecida como ensaísta, é autora de inúmeros artigos históricos sobre a família Cavalcanti, da qual descende, e agora sobre o poeta Guido Cavalcanti.

Please follow and like us:
RSS20
Follow by Email0
Facebook0
RSS20
Follow by Email0
Facebook500