MULHERES NAS RUAS DO PORTO – XIV – por César Santos Silva

Cardosas (Passeio das)
Corre no lado sul da Praça da Liberdade
Liga o Largo dos Lóios à Praça de Almeida Garrett
Freguesia da Sé.

 

De facto, um nome que já não existe na toponímia portuense, dado o passeio ter sido adstrito à Praça da Liberdade. Mas dada a im­portância histórica e de se tratar de um topónimo feminino…

Para Camilo era o Real Clube dos Encostados, também o Pasmatório dos Lóios, nomes jocosos como só a pena de Camilo sabia criar.

No entanto, tinha razão de ser. Os dândis da época passavam o seu tempo por ali, de trás para a frente vendo quem demandava, especialmente as mulheres, que se deslocavam ao centro cívico do 35.

Porto. A Praça Nova. O edifício era o herdeiro natural do antigo con­vento dos Frades Lóios, nome oficial, Convento Novo de Santa Maria da Consolação.

Com o fim das ordens religiosas, o imóvel foi vendido ao ca­pitalista brasileiro de torna viagem, Manuel Cardoso dos Santos (1796‑1851) natural de Lordelo do Ouro, e após a morte dele pas­sou para as suas herdeiras, mulher (Joaquina Margarida dos Santos), e filha (Joaquina Cardoso dos Santos, que viria a casar com o segundo Visconde de Valmor), que vão dar o seu nome ao passeio.

Conta‑se que, como a filha passava muito tempo à janela, era alvo da cobiça dos ociosos camilianos e contam‑se também estórias interessan­tes, dos herdeiros posteriores, que se passaram naquele edifico, desde paixões não correspondidas, até jogadores inveterados que perderam fortunas ao jogo…

Camilo, muitas vezes, passava por lá quando vinha ao Porto. Defronte e já na Rua dos Clérigos, ficava a Casa Lino, casa especializada em artigos para caça, mas que, no entanto, ao final do dia, era refú­gio de dândis, jano­tas, burgueses, toda a gente que era gente no Porto de então. Esta situação aconte­cia porque o proprie­tário, Sr. Lino, era um homem de tertúlias, no intervalo dos seus afazeres comerciais.

♦♦♦

César Santos Silva. Bacharel em História. Formador, professor de História do Porto, Portugal e Contemporânea do Mundo em várias Universidades Seniores, tais como Sindicato Professores da Zona Norte, Fundação Inatel entre outras.
Investigador de temas relacionados com a História do Porto e a História do Mundo,colaborador pontual dos “ Serões da Bonjoia”, conferencista habitual da Biblioteca Municipal Almeida Garrett, Fundação Inatel, Palacete Visconde Balsemão. Autor de vários livros dedicados à cidade do Porto.

Please follow and like us:
RSS20
Follow by Email0
Facebook0
RSS20
Follow by Email0
Facebook500