POEMAS DE Rosa Sampaio Torres

Ós Sós estamos nós cascas de noz a tantos nós. ♣♣♣ Requiem   Foste embora, foste embora companheiro meu… enciumada estou se a mim tua esposa, preferiste a morte como companhia Foste embora, foste embora companheiro meu ficou tua lembrança como sombra minha. Foste embora, foste embora companheiro meu e nas altas horas da noite insone …

O Castelo du Grand Perron – Rosa Sampaio Torres

O Castelo du Grand Perron O presente artigo pretende chamar a atenção do leitor para a precursora atuação republicana do intelectual e conspirador florentino Bartolomeo di Mainardo Cavalcanti – empenho republicano que obteve até mesmo o reconhecimento, paradoxalmente, de uma rainha. O artigo apresenta como pano de fundo o Chateau du Grand Perron – castelo …

“ANUNCIAÇÃO CAVALCANTI”, DE DONATELLO – por Rosa Sampaio Torres

Introdução Recentemente tive oportunidade de ultimar artigo referente às capelas da antiga família Cavalcanti em Florença. Nesta ocasião inventariei  importantes peças artísticas encomendadas por esta importante familia florentina. Entre essas peças de arte sobressaíram na ocasião três delas, magníficas – obras que considero historicamente significativas, merecedoras de trabalho detalhado para um publico ampliado – até …

ORIGEM DA DINASTIA WIDO E FAMILIA CAVALCANTI – por Rosa Sampaio Torres

A origem franca da dinastia wido e da família Cavalcanti em Colônia, reino franco – século VIII Ao tentar analisar a origem franca da família toscana Cavalcanti não mais como uma lenda, mas como uma possibilidade real, partimos em busca de traços e vestígios concretos desta provável e muitas vezes repetida origem. Depois de muito …

COM RILKE E PELA AMÉRICA LATINA – Rosa Sampaio Torres

  Com Rilke Cedo, bem longe do que é terrestre, afastados da casa paterna, voejam anjos terríveis no descampado, próximos ao cume. Muito alto.

O POETA GUIDO CAVALCANTI E A INFLUÊNCIA TEMPLÁRIA – Rosa Sampaio Torres

O poeta Guido Cavalcanti e a influência Templária O brasão da família dos Cavalcanti de Florença é notado pela primeira vez na sangrenta batalha de Montalcino em 1260 – brasão em cruzetas reproduzido nos escudos de muitos de seus combatentes, cavaleiros de origem guelfa que defendiam o papado contra os guibelinos da cidade de Siena. …

QUATRO POEMAS PELA AMÉRICA LATINA – por Rosa Sampaio Torres

I  QUANTAS VEZES SE MORRE Para Moacir Armando Xavier “Ninguém na vida teve tantos pecados que mereça morrer duas vezes.” Frase de Maria de Magdala quando Jesus pretende  ressuscitar Lázaro. (“O Evangelho segundo Jesus Cristo” – José Saramago)             Quantas vezes se morre nesta vida, com pecado ou sem pecado?

UM ALBUQUERQUE PELA INDEPENDÊNCIA BRASILEIRA – Rosa Sampaio Torres

Por ocasião do bicentenário da Revolução de 1817 Um Albuquerque pela independência Brasileira Manoel Cavalcanti de Albuquerque Do ramo do engenho Castanha Grande – Alagoas (“Papai Cavalcanti” – século XlX) Como seu avô, outro Manoel de mesmo sobrenome que participou da “fronda’ dos “nobres da terra” contra autoridades e mascates portugueses nos anos de 1710, …

Editorial por David Paiva Fernandes

Na viragem do séc. XIX, o grande polímato francês Henri Poincaré inventou a topologia algébrica. Este ramo da matemática adiciona aos, à época estabelecidos, conceitos de compacidade, conexidade e separabilidade da topologia geral os de homotopia e homologia, matéria que apresentou no seu livro de 1895 “Analysis Situs” [1] que se pode traduzir como análise …

Índice de Autores

Alberte Momán Noval Alberto Cecereu Alda Costa Fontes Aldina Santos Alice Rahon A. Dasilva O. Amélia Azevedo Ana Almeida Santos Ana Matos Ana Oliveira Ana Tomás André Breton Anna Merij António Adriano de Medeiros (AAM), António Pedro Ribeiro Arnost Budik Artur Santos Beatriz Bajo Bernardino Guimarães Carlos Barbarito Carlos Clara Gomes Castro Guedes (Jorge) Caroline …